Loja

verdinhas

Aqui você encontra a relação de produtos da rede de economia solidária da Arca Verde.

Para adquirir entre em contato pelo e-mail:

institutoarcaverde@gmail.com

 entregamos via PAC ou SEDEX para todo Brasil  com pagamento por depósito bancário.

clique no link e calcule o frete no site dos correios

o CEP de origem é 95400-000

Aceitamos a moeda social Verdinhas!

 

Livros:

Permacultura: princípios e caminhos além da sustentalivro permaculturabilidade

Autor: David Holmgren

Tradução: Luzia Araújo

Editora Via Sapiens, 2013

416 páginas, 18x24cm

Valor: R$82 (+frete: correios)

Dimensões pacote (cm): 4 x31 x21

Peso (kg): 0,732

Descrição: Editado pela primeira vez no Brasil, a obra Permacultura: princípios e caminhos além da sustentabilidade, traz a abordagem do cofundador do conceito, o australiano David Holmgren. Juntamente com Bill Mollison, Holmgen escreveu Permacultura Um(1978), onde o termo começou a ser usado para definir os fundamentos do design permacultural. Após 25 anos de evolução do conceito e de um vasto trabalho individual em sua aplicação prática e difusão pelo mundo, David lançou Permaculture: Principles & Pathways Beyond Sustentability, em 2002, a versão original deste livro.

Para Holmgren, a Permacultura vai muito além da agricultura orgânica, ou mesmo de uma cultura permanente. Ela é uma flor de possibilidades, cujas pétalas se inter-relacionam ancoradas no centro pelos princípios éticos e de design permacultural. Através destas pétalas -nas quais a permacultura é aplicada também no âmbito das relações humanas e da ecologia interior – o sistema evolui em espiral do nível pessoal e local até o nível coletivo e global. Neste livro, Holmgren destrincha as éticas e os 12 princípios de design da Permacultura, com imagens, exemplos e aplicações. Seu olhar é profundo e ao mesmo tempo extremamente simples e prático, como é a própria essência de Permacultura.

A editora Via Sapiens, que já vinha reunindo esforços para aumentar a gama de materiais de permacultura em português (tendo lançado O Design Básico em Permacultuta, de Ross Mars), agora conseguiu disponibilizar este clássico aos permacultores  brasileiros.

 

Comunicação não-violenta: técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais

Título original: nonviolent communication: a language of life

DSCN9145

Autor: Marsshall  B. Rosenberg

Tradução: Mário Vilela

Editora Ágora, 2006

285 páginas, 14x21cm

Valor: R$55 (+frete: correios)

Dimensões (cm): 2 x15 x21

Peso (kg): 0,400

Descrição: Quando entendemos nossas necessidades verdadeiras, criamos um território comum com nossos interlocutores e os relacionamentos tornam-se mais prazerosos, a comunicação passa a ser mais profunda. Nesta obra, Marshall Rosenberg nos ensina a descobrir os sentimentos que pulsam em nós por trás das aparências. Mostra também como nossas ações são baseadas em necessidades humanas que todos buscamos preencher. Comunicação não-violenta é um manual prático para resolver conflitos de forma simples e eficaz. Os exercícios são descritos de maneira clara, podendo ser aplicado à vida privada e ao trabalho, em escolas, empresas, prisões, hospitais. O autor vem realizando cursos e treinamentos também nas áreas política e social.

Em um mundo violento, cheio de preconceitos e mal-entendidos, buscamos ansiosamente soluções. Pois a boa comunicação é uma das armas mais poderosas, econômicas e de fácil aplicação. Grande parte dos problemas entre casais, pais e filhos, empregados e empregadores, vizinhos, políticos e governantes pode ser amenizada e freqüentemente evitada apenas com… palavras. Saber ouvir o que de fato está sendo dito pelo outro e expressar o que de fato queremos dizer, embora pareça tarefa simples, é das mais difíceis. Usando sua experiência como psicólogo clínico e criador do método da comunicação não-violenta, Marshall Rosenberg ensina o leitor a: se libertar dos condicionamentos e dos efeitos de experiências passadas; transformar padrões de pensamento que conduzem a discussões, raiva e depressão; resolver seus conflitos com os outros pacificamente; criar relacionamentos interpessoais baseados em respeito mútuo, compaixão e cooperação.

Camiseta:

DSCN9165em algodão crú serigrafado com o logo da arca na frente.

Tamanhos P, M, G e GG.

Valor: R$25,00 (+frete: correios)

Coletor Menstrual: Inciclo

inciclo

O Inciclo é o conceito mais inteligente em higiene feminina. Simples de usar, o Inciclo funciona como um coletor menstrual reutilizável e flexível. Uma solução prática, econômica, ecológica e higiênica que substitui os absorventes femininos. Produzido 100% em silicone medicinal, molda perfeitamente ao corpo. Oferece até 12 horas de proteção e conforto.

O Inciclo pode ser usado por toda a noite e também para praticar todos os esportes, até mesmo natação. Ideal para mulheres com fluxo intenso. É discreto e evita o desconforto dos absorventes comuns. Feito de silicone hipoalergênico, não interfere na umidade natural da vagina.

Guia de tamanho:

A: normalmente recomendado para mulheres com mais de 30 anos ou que já têm filhos (independente do tipo de parto)

B: normalmente recomendado para mulheres com menos de 30 anos que não têm filhos.

Valor: R$ 69  (+frete: correios)

Sementes:

Rizoma de Yacon

DSCN9137

Nome Científico: Smallanthus sonchifolius   (Poepp.) H. Rob.
Família: 
Asteraceae (Compositae)
Sinonímias: 
Polymnia edulis Wedd.; Polymnia sonchifolia Poepp.

Origem ou Habitat: Nativa das regiões montanhosas e altas da Cordilheira dos Andes, desde a Venezuela até o norte da Argentina, sendo o Peru o principal país produtor (Silva Júnior, 2003; Alonso & Desmarchelier, 2005). 

Características: Planta semi-arbustiva, perene, robusta, entre 1,8 e 2,4 m de altura, podendo atingir até 3 m. O caule é cilíndrico ou subangular, ramificando-se com o tempo. Possui folhas membranáceas, verde em cima com a face dorsal mais pálida, tenuamente gríseo-tormentosa e dimórficas. As inferiores são profundamente lobadas, com o pecíolo alado, base auriculada e limbo rubro-pardo, enquanto as folhas superiores são oval-lanceoladas, com 25 a 30 cm de comprimento por 20 cm de largura. Capítulos são laxos, radias, corimboso-paniculados, reunindo cerca de 13 a 15 flores pequenas, de intensa cor alaranjada, com 5 a 6 sépalas oblongas e foliáceas, sendo as mais inferiores lanceoladas e pilosas. As flores medem 3 a 4 mm de comprimento e 16 a 18 mm de diâmetro, são dentadas e pistiladas e funcionalmente femininas (as mais externas), enquanto as flores inferiores são estaminadas, funcionalmente masculinas. O fruto é do tipo aquênio, obovóide, seco, preto e quase sempre estéril. A parte subterrânea é formada por rizomas rígidos, superficialmente, de polpa creme, pouco doce, pouco fibros, de película violácea. Na parte mais profunda, encontra-se uma penca de 5 a 20 túberas de formato fusiforme a globular, irregular, pesando cerca de 150 a 1000 g e medindo cerca de 20 a 25 cm de comprimento e 7 a 10 cm de diâmetro, de tonalidade castanho-acizentada. A polpa é friável, translúcida, sumarenta, doce e de cor creme-amarelada, escurecendo quando em contato com o ar.

Valor: R$23,00/kg (+frete: correios)

Semente de Physalis
Physalis2

Nome Científico: Physalis peruviana

Família: Solanaceae

Características: Seu caule é ereto e ramificado, podendo alcançar de 0,75 até 2 metros de altura com tutoramento. As folhas são simples, ovadas, opostas, pecioladas, glabras ou pubescentes e com margens onduladas. As flores são solitárias, hermafroditas, apresentam corola tubular curta e sua cor varia com a espécie podendo ser amarela, amarela com o centro marrom, branca ou arroxeada. O fruto é esférico, sendo muito semelhante a um pequeno tomate e sua cor pode ser verde, amarela, laranja ou vermelha. O que o diferencia é o cálice desenvolvido, que envolve todo o fruto, de cor verde à princípio e que gradativamente seca adquirindo uma cor dourada, concomitantemente com maturação do fruto.

Seu caule é ereto e ramificado, podendo alcançar de 0,75 até 2 metros de altura com tutoramento. As folhas são simples, ovadas, opostas, pecioladas, glabras ou pubescentes e com margens onduladas. As flores são solitárias, hermafroditas, apresentam corola tubular curta e sua cor varia com a espécie podendo ser amarela, amarela com o centro marrom, branca ou arroxeada. O fruto é esférico, sendo muito semelhante a um pequeno tomate e sua cor pode ser verde, amarela, laranja ou vermelha. O que o diferencia é o cálice desenvolvido, que envolve todo o fruto, de cor verde à princípio e que gradativamente seca adquirindo uma cor dourada, concomitantemente com maturação do fruto.

Valor: R$7,00 /pacote com 0,9g (+frete: correios)

Alimentos orgânicos certificados:

Os alimentos estão disponíveis na COOPAF-Serrana em São Francisco de Paula e podem ser encomendados para entrega domiciliar em cestas na região de POA e Canela / RS.

Batata Yacon orgânica

yacon

Uso popular: No Brasil, as folhas secas, trituradas e preparadas na forma de infusão, são empregadas popularmente como hipoglicemiantes (Alonso, 2004).
Na Bolívia, utilizam-se as raízes cruas como diurético em afecções do rim e da bexiga, além de tomar a decocção (ou suco) da raiz em casos de cistite, hepatite e nefrose, enquanto que, no Peru, fazem-se cataplasmas quentes com as folhas para mialgias e reumatismo (Duke, et al., 2009).
Nota sobre o uso: O emprego do yacon em casos de diabetes foi aprovado pela Secretaria Municipal de Saúde de Diadema, São Paulo (Alonso & Desmarchelier, 2005).

Posologia e modo de uso: Consome-se a raiz in natura ou em saladas de frutas, tendo sabor semelhante ao da pêra, ou seu suco, produzido a partir da prensagem das raízes.
É também popular o consumo na forma de “chips”, obtidos a partir de fatias secas da raiz. Para obtê-los, descascar e cortar as raízes em fatias de 2 a 3 mm de espessura. Dispor as fatias lado a lado sobre uma tela de náilon para secar em estufas à temperatura de 50 a 60ºC, durante 6 a 7 horas. Após secos, manter as fatias em recipiente hermético. A conservação pode chegar até um ano. Utilizar 20 a 30 g/dia.
É consumida ainda na forma de outros derivados como: extrato fluido a 20%, extrato seco e granulado, encapsulados, balas e pães (Silva Júnior, 2003).
O yacon é utilizado também como edulcorante e aromatizante em alimentos, em especial iogurtes probióticos (Alonso, 2004). 

Valor: R$5,00/kg  (+frete: correios)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Slideshow
CADASTRE-SE!
Cadastre seu email e receba boletins informativos da Arca


Cadastrar
Descadastrar

Compartilhar