verdinhas, nossa moeda social

O Instituto Arca Verde atua na dimensão econômica da sustentabilidade através de várias práticas como consumo consciente, financiamentos coletivos, cooperação econômica, uso de moedas sociais, entre outras, para criar redes de apoio mútuo entre indivíduos, comunidades e empresas, onde a lógica predominante é a do ganha-ganha, eliminando-se, ou reduzindo, relações econômicas exploratórias, degradantes, competitivas e antiecológicas.

as verdinhas, nossa moeda social

 

O dinheiro é essencialmente uma ferramenta de trocas que facilita muito a nossa vida. Pois dificilmente duas pessoas vão ter algo para trocar que interesse a ambas, ao mesmo tempo, pelo mesmo valor e na mesma quantidade. O dinheiro resolve este problema. Porém, muitas vezes, as pessoas têm produtos e serviços para trocar, mas a ferramenta de troca, o dinheiro,  é escasso. É aí que as moedas sociais entram como ferramenta complementar à moeda oficial, sem a pretensão de substituí-la.

A Verdinha é a Moeda Social do Instituto Arca Verde, em circulação desde 2007. Uma (01) verdinha equivale a um (01) real.

 V$1,00   =  R$1,00

Como as verdinhas são emitidas?

 

Somente o Instituto Arca Verde, através do seu Círculo Econômico, composto por pelo menos 3 sócios efetivos da associação, é que pode emitir Verdinhas. Toda a emissão se dá pelo pagamento por produtos e serviços diretamente ligados aos objetivos, projetos e manutenção do Instituto. Portanto, se alguém possui uma verdinha em mãos, significa que ela ofereceu algo em troca para o Instituto diretamente ou para algum outro membro da Rede. Verdinhas jamais são distribuídas gratuitamente.

Lastro

 

O Lastro de uma moeda é a garantia de aquele pedaço de papel pode ser trocado por algo real. Antigamente as moedas eram lastreadas em ouro ou outros materiais valiosos guardados nos cofres dos bancos. Hoje em dia, o lastro das moedas se faz com outras moedas e principalmente pela confiança de que será aceita como troca por bens e serviços.

O lastro das Verdinhas está na gama de produtos e serviços que o Instituto Arca Verde oferece (cursos, vivências, alimentos, sementes, etc); nos produtos que a Loja do Instituto oferece;  em todos os produtos e serviços que pessoas e empresas conectadas com esta Rede oferecem; e também em uma reserva em reais que é guardada em banco oficial . Em última instância, também garante o lastro da Verdinha, o patrimônio material da Arca Verde (máquinas, equipamentos e a terra em nome da Associação Instituto Arca Verde).

Política de Resgate das Verdinhas

 

As verdinhas emitidas pelo Instituto Arca Verde são como uma espécie de cheque que, após circular pela Rede, deve ser resgatado pelo Instituto através da oferta de seus produtos e serviços, ou reais.  Caso não houvesse esse resgate, e havendo contínua emissão, poderia haver um excesso da moeda e uma consequente desvalorização e perda da confiança nas Verdinhas. Esse contínuo resgate faz também que entrem verdinhas de volta no caixa do Instituto, o qual pode recolocá-las em circulação como pagamento por novos produtos e serviços, sem a necessidade de nova impressão de cédulas, que somente deve ocorrer com o crescimento da Rede. 

Deságio

 

Nem sempre a Rede consegue atender as necessidades de produtos e serviços de membros que recebem as verdinhas. Neste caso, o Instituto Arca Verde garante a conversão das Verdinhas por Reais com um deságio, ou seja, um desconto de 7% na troca. O objetivo do deságio é estimular a recirculação das verdinhas e pode ser diferenciado em casos especiais de acordo com a importância e necessidades específicas de algum membro da Rede. A troca de Verdinhas por Reais se fará em até cinco dias úteis após solicitação.

Ecobanco

 

Nem sempre a Rede consegue atender as necessidades de produtos e serviços de membros que recebem as verdinhas. Neste caso, o Instituto Arca Verde garante a conversão das Verdinhas por Reais com um deságio, ou seja, um desconto de 7% na troca. O objetivo do deságio é estimular a recirculação das verdinhas e pode ser diferenciado em casos especiais de acordo com a importância e necessidades específicas de algum membro da Rede. A troca de Verdinhas por Reais se fará em até cinco dias úteis após solicitação.

É legal o uso de moedas sociais?

 

Não há nenhuma ilegalidade no uso das moedas sociais, porque elas não se propõem a substituir o dinheiro oficial nem podem ser usadas no sistema bancário oficial. Diversas iniciativas pelo Brasil, de longa data, comprovam a legalidade e funcionalidade de sistemas locais de troca com uso de moedas sociais. O caso mais famoso no Brasil é o Banco Palmas, em Fortaleza-CE.

Vantagens aos empreendedores

 

Fazendo parte desta Rede você contribui para o desenvolvimento econômico, social e ambiental de todas as partes envolvidas formando uma comunidade de apoio mútuo ancorada pelos princípios da Sustentabilidade e da Permacultura, e focalizada pelo Instituto Arca Verde.

Seu empreendimento estará sendo divulgado nas listas dos membros na Internet e panfletos trazendo novos, fidelizados e conscientes clientes para seu produto ou serviço, que por suas vezes, também poderão oferecer diversos outros produtos e serviços atendendo parte de suas necessidades com o uso das Verdinhas. Quanto maior e mais dinâmica a circulação da moeda, mais abundância e prosperidade aos seus membros.

Como participar

 
  1. Você precisa ser simpatizante dos princípios e valores da Sustentabilidade e da Permacultura, e o trabalho desenvolvido pelo Instituto Arca Verde;

  2. Ter espírito de cooperação desejando o desenvolvimento da comunidade local e de todos membros da Rede;

  3. Aceitar Verdinhas em seu negócio, concordando com todas as regras estabelecidas pelo Círculo de Economia do Instituto Arca Verde.


Contatos do círculo econômico

 

Leandro Sparrenberger (54)99618 7768

Rodrigo Carvalho (54) 99926 3376

© 2021 por Associação Instituto Arca Verde - Estrada Boa Esperança 5849 CX Postal 91 CEP:95400-000 São Francisco de Paula / RS associação sem fins lucrativos - CNPJ 10310503/0001-17.